Ínicio

segunda-feira, 6 de março de 2017

Por uma vida mais doce

Sou uma formiga, não nego. Amo doces. Amo mais ainda bolos. Fofinhos, quentinhos, molhadinhos. Com ou sem recheio. E também amo fazê-los.

Essa minha forte ligação com a parte mais doce da cozinha vem lá de trás, ainda na infância. Memórias que são sempre lembradas com um sorrisinho gostoso. Mãe, avó e irmãs foram minha fonte de inspiração e a bagunça na cozinha de casa era sempre muito boa. Apesar das delícias salgadas que saíam daquelas reuniões em volta da mesa e do fogão, herdei mesmo a paixão pelos doces. 

Ao passar dos anos, fui experimentando novas receitas, arriscando uma mistura aqui, uma substituição acolá. Bolos de aniversário tornaram-se minha especialidade por um bom tempo e presenteei muitos familiares com delícias feitas por mim.


Hoje gosto mesmo de fazer bolos para o café da tarde, para o lanche das crianças ou uma festinha intimista.  Nada muito elaborado. Bolo de cenoura continua sendo meu preferido (e as crianças também amam!) mas confesso que outras delícias como bolo de banana, nega-maluca ou aquele bolo de côco molhadinho que nos remete à infância, estão ali querendo conquistar o primeiro lugar.  


Bolo representa, para mim, memórias, carinho e afeto. Misturados, assim como em uma bela receita. Bolo promove encontros, trocas, partilha, celebrações. Adoça a alma, acalma o coração. No frio é perfeito e no verão, também. Pede sempre um acompanhamento e é democrático: vai do café à um espumante. Se transforma em um lindo presente quando embrulhado naquela embalagem especial. 

Muitas receitas já passaram pela minha cozinha. De bolos com coberturas tentadoras à bolos veganos. Tudo pode (e deve!) ser experimentado. Assim exploramos o paladar e nos surpreendemos com muitas receitas que à primeira vista parecem não nos conquistar.

Na crônica Time is honey (clique para ver a crônica completa), Antonio Prata diz assim:

"Engana-se quem pensa que o bolo é um alimento. Nada disso. Alimento é carboidrato, é proteína, é vitamina, é o que a gente come para continuar em pé, para ir trabalhar e pagar as contas. Bolo não. É uma demonstração de carinho de uma pessoa a outra. É um mimo de avó. Um acontecimento inesperado que irrompe no meio da tarde, alardeando seu cheiro do forno para a casa, da casa para a rua e da rua para o mundo. É o que a gente come só para matar a vontade, para ficar feliz, é um elogio ao supérfluo, à graça, à alegria de estarmos vivos".

Quer descrição mais doce??

E pra fechar este post com chave de ouro, ou melhor, de açúcar, uma receitinha fácil, fácil, pra você preparar e se deliciar aí deste lado:

BOLO FORMIGUEIRO

2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 colher de chá de fermento em pó 
3 ovos
1/2 xícara de óleo
1 xícara de leite
50 gramas de chocolate granulado

Coloque em uma vasilha todos os ingredientes secos, exceto o granulado. Adicione os ovos, o óleo, o leite e mexa até incorporar todos os líquidos. Adicione o chocolate granulado e mexa com cuidado. Despeje a mistura em uma forma redonda com furo no meio untada e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 40 minutos. Desenforme quando estiver morno. Se desejar, cubra o bolo com brigadeiro mole.

#pordiasmaisdoces ... sempre!!!


6 comentários:

  1. Que lindo! Vc sempre meiga e doce! Beijos de BH !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que linda você, Nádia! :)
      Beijos doces!

      Excluir
    2. Ah que linda você, Nádia! :)
      Beijos doces!

      Excluir
  2. Que delícia de post! Quanta identificação; bolos sempre foram a parte da cozinha que me cabia, desde a infância. Foi por onde comecei a aprender a cozinhar e tem lugar cativo no coração, logo ao lado dos pães. Quase senti o perfume dos teus, nessas fotos e esse finalzinho do Antonio Prata é um primor (não conhecia, obrigada!) que quase me fez chorar... rs
    Abração, Rosi! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vamos combinar que é a parte mais encantadora e doce da cozinha, né?!? Bom saber que compartilhamos desta mesma paixão! Que nossos dias sejam cada vez mais doces e que os bolos nos proporcionem muitos momentos de alegria! Beijos querida!:)

      Excluir
    2. E vamos combinar que é a parte mais encantadora e doce da cozinha, né?!? Bom saber que compartilhamos desta mesma paixão! Que nossos dias sejam cada vez mais doces e que os bolos nos proporcionem muitos momentos de alegria! Beijos querida!:)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...