Ínicio

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O que é que a Praia do Forte tem

Pausas são sempre muito bem-vindas nesta vida maluca e corrida que levamos. É o momento perfeito para relaxar, recarregar as baterias, deixar o relógio e preocupações de lado, usufruir da companhia da família, rir, brincar, fazer da vida uma festa, ainda que seja por alguns dias apenas.  

Mês de julho, férias escolares... E uma semaninha de sombra e água fresca na Praia do Forte, Bahia, lugar incrivelmente lindo, abençoado, de uma energia contagiante!

Esta foi nossa terceira viagem para este paraíso. E desta vez, uma nova experiência: alugamos uma casa no Condomínio Aldeia dos Pescadores, compartilhada com uma família de amigos... amamos! Aconchegante e de localização privilegiada, entre a vila e a praia (fazíamos tudo à pé).


O que faz meu coração bater forte por este lugar?  
 
- a vila é segura, limpa, bem cuidada e mantém uma estrutura convidativa;
- projeto Tamar que sempre vale a visita (até para quem já conhece!);
- a variedade de restaurantes e cafés que agrada a todos os gostos (e bolsos!);
- tem a melhor tapioca preparada na Casa da Farinha localizada no centro da vila (e é comunitária - cada semana é uma família/grupo que comanda o enorme tacho de ferro);
- as cores, decoração e objetos do folclore nordestino que deixam a vila ainda mais linda; 
- a calmaria e tranquilidade dos baianos que sabem receber como ninguém;
- a beleza das praias, com suas piscinas naturais, em um tom de verde deslumbrante;


 
Por que ir em Julho? 
O calor é mais ameno; a vila não fica tão cheia de turistas e é possível usufruir de tudo com tranquilidade; os custos são bem menores comparados ao verão. 




E se você se animou com este post e já colocou a Praia do Forte na sua listinha de lugares para visitar, anote algumas dicas para aproveitar este paraíso brasileiro:
 
Hospedagem: em uma casa alugada (são diversos condomínios), em pousadas ou no Via dos Corais Hotel, onde nos hospedamos das outras vezes e indicamos de olhos fechados; 
Comidinhas na vila: lanches rápidos e tortas doces deliciosas no Tango Café; tapioca na Casa da Farinha, moqueca na Casa da Nati, spaghetti com molho de camarão do restaurante Vila Gourmet (que pertence à charmosa Pousada Sobrado da Vila), pizza maravilhosa da 7 pizzas natural bar;  
Comidinhas na praia do Lord: empada (a melhor!) vendida pelo Cleber, sorvete de tapioca no palito da marca Capelinha, queijinho coalho na brasa, água de coco fresquinha, cocadas caseiras (a de abacaxi é divina) e para quem aprecia a culinária típica baiana, acarajé no capricho;
Piscinas naturais: praia do Lord (até as 11h - depois a maré começa a subir);
Passeios: projeto Tamar e, se está com crianças, andar de bicitaxi, único transporte autorizado por toda a vila (carros tem acesso restrito). Risadas garantidas!

 
Já de malas prontas para embarcar? Roupas leves, chinelos, chapéu, óculos e protetor solar são indispensáveis... mas o importante mesmo é chegar de coração aberto para aproveitar tudo de bom que a Praia do Forte tem para oferecer!

Ah! E se quer ver o post anterior, clique aqui e... boa viagem!  
 

2 comentários:

  1. Já estou entrando no clima... Delicia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeeee! E tá chegando, Marisa!
      Vai aproveitar muito!
      Bjs querida!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...